Solução de Problema ou Caça ao Culpado?

O ambiente organizacional é muito propício ao surgimento de problemas, pois seu desenvolvimento consiste em mudanças contínuas e adaptação dos seus profissionais. Além disso, existem os conflitos interpessoais, que nasce da divergência de opiniões, normalmente pelo fato dos profissionais focarem somente nos interesses e necessidades de seu departamento.

Todo este ciclo pode ser encarado com naturalidade, desde que leve a reflexões em conjunto e tomada de decisões que tragam melhorias para empresa. Contudo, sabemos que em muitas situações este universo é utópico e o surgimento de problemas na organização aciona, na maioria dos profissionais, o comportamento instintivo de luta ou fuga, que se não forem filtrados pela inteligência emocional, ocasionam em um enorme problema, pois a “luta” irracional gera discussões intermináveis sem solução e muita acusação, já a “fuga” amedrontada leva a um comportamento passivo, improdutivo e esquivo. No fim, a preocupação de todos os envolvidos está em encontrar um “culpado” para justificar o problema e passar o bastão do “solucione este problema”.

Como nenhum de nós está isento de vivenciar este cenário e quando se trata de evolução profissional, devemos aprender a lidar com este cenário. Segue abaixo três dicas importantes:

  1. ACEITE O PROBLEMA: ele pode não ter sido gerado por seu departamento, nem por você, mas se ele faz parte da sua empresa, então deve ser do seu interesse. E, se você está numa reunião para tratar deste assunto, encare essa situação como uma “missão” e perceba a oportunidade que está em suas mãos, pois os profissionais se destacam em situações como essa, não no cotidiano.
  2. IDENTIFIQUE A CAUSA: existe uma técnica usada pelos profissionais da área da Qualidade, que seja chama “Cinco porquês” ou “5-Why”, ela é bem prática e talvez você encontre a causa raiz antes de chegar no quinto porque, veja um exemplo:

Problema: O pagamento não foi gerado.

POR QUE o pagamento não foi gerado? Porque houve problemas no sistema financeiro.

POR QUE houve problemas? Porque o arquivo de pagamento foi gerado numa extensão que o sistema não lê.

POR QUE foi gerado numa extensão que o sistema não lê? Por falta de conhecimento do profissional que está fazendo a tarefa.

POR QUE ele desconhece essa informação? Porque não é ele que faz a tarefa normalmente e não há um procedimento disponível sobre como executá-la.

POR QUE não há um procedimento? Porque a empresa não tem seus processos mapeados, o conhecimento fica guardado na cabeça de cada funcionário.

  1. AJA NA CAUSA: resolver apenas o problema, não elimina a causa. É o bom e velho “apagar incêndio”, ou seja, ele voltará a acontecer. A solução de problema exige investigação, trabalho em equipe e disposição para fazer diferente.

Há algum tempo assisti uma palestra do filósofo Mario Sérgio Cortella, onde ele contava sobre uma empresa que teve um grande problema em sua linha de produção, pois uma máquina estava fechando embalagens sem o produto dentro. Para resolver o problema, foi contratado 3 engenheiros que montaram e executaram um projeto em 60 dias. Era um sensor que captava a embalagem vazia e um braço automático tirava o produto da esteira, uma excelente ideia que custou caro e exigiu um bom investimento da empresa. Do terceiro mês de implantação foi descoberto que os funcionários desligaram a máquina, mas estranhamente o problema não voltou a acontecer, quando os mesmos foram questionados sobre o ocorrido, contaram que o braço automático estava dando muito trabalho, então fizeram uma “vaquinha” juntaram R$ 80,00 reais e compraram um ventilador grande para ficar em frente a esteira, assim, a embalagem vazia voa e não era embalada.

Coach Michele Vasconcelos

Escolhi recontar essa história, pois quando se trata de solução de problemas em uma empresa, devemos sempre lembrar que há um verdadeiro tesouro de conhecimentos na cabeça de seus funcionários e se usada a abordagem correta para encontrar a solução, sem acusações ou ansiedade demasiada para “apagar incêndios”, na maioria das vezes a resposta certa e acessível está nas mãos da empresa.

Quanto as emoções de “luta e fuga”, se tiver dificuldade ou interesse em aprender a administra-las, estamos à sua disposição com nossos serviços. Saiba mais, entrando em contato conosco!

Fique de olho em nossos cursos e palestras e curta a nossa empresa nas redes sociais, todos são desenvolvidos cuidadosamente para auxiliá-los neste ciclo de evolução! 😉

Recommended Posts

Leave a Comment