Como buscar emprego de forma assertiva e estar preparado para hora da entrevista.

 

\"Como

Todos os meus clientes do Coaching que buscam uma recolocação profissional, sempre se queixam do quão frustrante é procurar vagas e participar de processos seletivos.
Como profissional de Gestão de Pessoas, conheço os bastidores de uma vaga e posso afirmar que, em vários casos, por mais que o candidato tenha o currículo adequado, outros fatores podem influenciar no processo e não há como controlá-los, por exemplo:

  1. Algumas vagas são abertas e canceladas no meio do caminho, mesmo antes de iniciar o ciclo de entrevistas;
  2. Outras vagas são apenas especulações, ou seja, possíveis substituições ou aumento no quadro de funcionários, que acabam sendo postergadas;
  3. Também existem casos de vagas que são preenchidas por profissionais indicados pelo requisitante da vaga. O processo seletivo acontece para que a pessoa não seja privilegiada, mas o peso dela já ter trabalhado na mesma equipe é praticamente imbatível para os outros candidatos.

E, para aumentar o desafio na vida dos candidatos, nem todas as empresas informam sobre o término do processo seletivo, muito menos aplicam feedback em seus participantes.

A verdade é que, para todas essas ações existem justificativas, mas para quem está de fora, elas geram uma enorme carga de ansiedade e até parecem desrespeitosas.
Então, pensando em um ciclo mais assertivo para aquelas pessoas que hoje ocupam o papel de candidato, sugiro alguns passos importantes para: o momento da busca de vagas e o momento da entrevista.

Dicas para o Momento da Busca de Vagas

  1. Crie seu Cronograma Semanal de Recolocação, ele deve ter 05 dias pré-definidos. Cada dia precisa ter no mínimo 1 hora e no máximo 2 horas disponíveis, com horário de início e fim. Exemplo: Segunda, Terça, Quarta, Quinta e Sexta-feira – das 08h às 10h.
  2. Cada dia você focará em ações diferentes:

Dia 1: Mapear empresas que você deseja trabalhar, busque: endereço, site, telefone, trabalhe conosco, e-mail do recrutamento e informações sobre vagas, além do histórico da organização.

Dia 2: Envie seu currículo para as empresas mapeadas com uma pequena apresentação, explicando o motivo do seu interesse em trabalhar com eles.

Dia 3: Entre nas redes sociais e procure identificar conhecidos de primeiro e segundo grau que trabalham nas empresas mapeadas ou em outras que tenha interesse em trabalhar, pergunte se os mesmos podem lhe ajudar apresentando seu CV para área de recrutamento. Aproveite para marcar um café com velhos colegas de trabalho!

Dia 4: Analise as vagas disponíveis nos sites de recrutamento e consultorias que já possui cadastro. Leia cuidadosamente o descritivo da vaga e verifique se o seu currículo tem as informações claras para uma boa apresentação diante do que está sendo pedido, se faltar algum dado arrume-o antes de se candidatar. Quando a vaga tiver um questionário, responda o mesmo com: objetividade, clareza, formalidade e revise a ortografia. E, mesmo que a resposta para pergunta esteja no seu currículo, jamais responda: “Vide CV”.

Dia 5: Identifique palestras e cursos gratuitos presenciais que possam agregar em seus conhecimentos profissionais e pessoais. Participe e conheça pessoas novas, troque contatos, interesses em comum e fortaleça seu networking. Sempre que tiver conhecimento de alguma oportunidade que se encaixe a um colega, lembre-se de compartilhar a informação com ele.

Acesse seu e-mail todos os dias, pela manhã e no fim da tarde, olhe suas ligações perdidas e retorne sempre o mais breve possível. Combine com as pessoas da sua casa para anotarem o nome e telefone, caso alguém ligue a sua procura para falar sobre uma vaga de emprego.

Estes passos deixarão sua busca organizada e ampliada, dentro de uma rotina alternada que também lhe prepara para o momento da entrevista.

Dicas para o Momento da Entrevista

Sempre envie um e-mail de confirmação de sua presença na entrevista e aproveite para agradecer o convite. Caso ocorra um imprevisto ou você mude de ideia por algum motivo, lembre-se de informar o mais rápido possível.

Antes da entrevista, pesquise tudo o que for possível sobre a empresa, quanto mais souber, mais preparado estará para apresentar quais dos seus conhecimentos e habilidades agregam valor ao negócio.

Anote suas dúvidas sobre a vaga e a empresa e espere o momento adequado na entrevista para perguntá-las. Caso o recrutador não dê abertura, quando ele encerrar, diga se pode lhe fazer algumas perguntas ou se ele preferir, você as encaminha por e-mail. Além das dúvidas comuns que são relacionadas aos benefícios da vaga, também faça perguntas sobre a empresa, demonstre que seu interesse vai além da vaga, e que é importante saber mais sobre a função e o negócio em si.

Leve seu currículo impresso na entrevista, lembre-se que ele deve estar atualizado. Quando entrar na sala com o recrutador, pergunte se ele gostaria do currículo impresso.

Durante a entrevista olhe nos olhos do recrutador, ouça com atenção as perguntas, mantenha uma postura ao sentar-se, seja simpático, formal e não esqueça de sorrir! Ao contar um fato, seja objetivo, sem perder o raciocínio de começo, meio e fim, com um tom de voz agradável e expressivo.

E, se quiser fazer bonito de verdade, reúna algumas perguntas comuns em entrevistas, primeiramente responda todas por escrito, depois deixe o papel de lado, ligue a câmera do seu smartphone e simule uma entrevista. Assista seu vídeo, identifique os pontos de melhoria e escolha alguém da sua confiança para simular a entrevista com você. Estas duas preparações são mais do que suficientes para você melhorar sua performance na entrevista. Mais do que isso, pode se tornar estressante e deixá-lo ainda mais ansioso para o seu grande momento com o recrutador.

Desenvolva seu autoconhecimento, não peça feedback ao recrutador, pois é uma situação muito delicada e existem particularidades que não podem ser expostas. Porém, caso o mesmo decida lhe dizer seus pontos de melhoria, os ouça com atenção, agradeça e não caia na tentação de justificar-se!

Desejo que essas dicas possam contribuir para seu sucesso nesse desafio de uma recolocação no mercado de trabalho.

Dê sua opinião e dicas de outros temas que sejam do seu interesse e que gostaria de ver por aqui.
Fique de olho nos nossos cursos e curta a nossa empresa nas redes sociais!

Um abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima
×